TerapiasePiscinas

Requisitos e Tecnologias

Terapias e Piscinas

Posted by terapiasepiscinas em 5 de Agosto de 2009

Curso Watsu II 2009 Brazil

Curso Watsu II 2009 Brazil

água

Posted in Watsu | Leave a Comment »

Piscina para terapias

Posted by terapiasepiscinas em 29 de Julho de 2009

Posted in Piscina para Terapia | Com as etiquetas : , , | Leave a Comment »

Posted by terapiasepiscinas em 8 de Maio de 2009

Vestiário adaptado NBR9050

Vestiário adaptado NBR9050Acessibilidade autônoma

Posted in Watsu | Leave a Comment »

Posted by terapiasepiscinas em 8 de Maio de 2009

Ao longo dos últimos vinte e cinco anos acompanhamos e participamos do crescimento da Hidroterapia e Natação Funcional no Brasil. Vimos como se tornou mais abrangente, abrindo novos campos para a atuação dos profissionais capacitados, tanto Fisioterapeutas como Educadores Físicos.

Atualmente há um crescente interesse pelas atividades em Piscina: Universidades, Hospitais, Centros de Reabilitação, Clínicas, Associações, entre outros começam a planejar e a construir suas piscinas, mas é comum usarem soluções inadequadas que não atendem às reais necessidades do tratamento e abordagens específicas pecando pelo desconhecimento das inúmeras peculiaridades desta área.

Preocupadas em dar condições ideais ao projeto que desejam oferecer, muitas destas entidades nos procuram para obter informações e estudos de viabilidade da implantação de Setor Hidroterápico e Natação Funcional. (Veja abaixo).

Nos serviços de consultoria que oferecemos, preocupamo-nos em evidenciar as nuances de cada situação, a fim de evitar possíveis erros e insucessos, sejam eles por falha na estrutura física, administrativa, profissional, legal, ou outras.

 Consultorias realizadas:

  • Hospital Israelita Albert Einsten – SP,
  • Universidade São Marcos – SP,
  • UNIRP – São José do Rio Preto – SP,
  • Universidade do Sagrado Coração – Bauru – SP,
  • Centro de Reabilitação do SESI / FIESP Santo André e Vila Leopoldina – SP,
  • Instituto de Medicina Fisica e Reabilitação HC-FMUSP
  • APAE- Americana – SP
  • Outros.    

A Piscina para terapias e habilidades aquáticas

 O corpo na água encontra-se numa constante situação de estímulo e aprendizagem, não reproduzível em solo. É imprescindível que neste local de trabalho o profissional encontre estrutura e condições adequadas para o atendimento das diversas necessidades individuais, permitindo uma abordagem lógica, confiável, segura e de resultados eficientes.

Piscinas para terapias são estruturas artificiais que englobam não só o reservatório de água, mas também os anexos:

  1. Casa de máquinas,
  2. Vestiários,
  3. Sanitários,
  4. Áreas complementares,
  5. Equipamentos e
  6. Acessórios.

 Uma piscina que apresente condições de insegurança expõe seus usuários a diversos tipos de acidentes de menor ou maior gravidade, podendo contribuir para agravar a saúde de seus freqüentadores.

Todas as decisões tomadas quanto ao desenho, dimensões, espaços, facilidades e acessibilidade irão influenciar no trabalho a ser desenvolvido e deverão ser consideradas como parte vital na fase preliminar de planejamento. Quaisquer alterações posteriores poderão ser inviáveis ou caras. Um bom projeto, a adequada escolha de materiais e certos detalhes de construção minimizam efeitos indesejáveis.

Não existe uma piscina para ideal que possa servir de modelo, pois sempre haverá a necessidade de levar em consideração:

  1. As principais patologias a serem trabalhadas
  2. A demanda do serviço
  3. Os recursos regionais
  4. A filosofia a ser empregada
  5. Técnicas que serão desenvolvidas
  6. Idade dos pacientes
  7. Número de pacientes por sessão
  8. Terapeutas e funcionários de apoio
  9. Custo e
  10. Retorno.                    

A cuidadosa coleta destes dados, associada à consulta a um especialista que esteja familiarizado com os equipamentos necessários, produtos, materiais, sistemas de filtragem e aquecimento, irão colaborar no planejamento, orçamento e construção.

A interpretação do profissional da área sobre cuidados e necessidades especiais devidos a cada paciente, dará ao arquiteto/engenheiro informações vitais para o desenho preliminar.  A estrutura física a ser edificada determinará a capacidade máxima de atendimentos hidroterápicos/ mês, número de terapeutas e funcionários de apoio.

Posted in Watsu | 1 Comment »

Hello world!

Posted by terapiasepiscinas em 8 de Maio de 2009

Welcome to WordPress.com. This is your first post. Edit or delete it and start blogging!

Piscina para terapia

Posted in Watsu | 2 Comments »

 
Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.